Do alfabeto na Geórgia, corações de galinha e maçãs do amor

Georgiano no computadorEm Batumi, na Geórgia, cidade fronteiriça com o leste da Turquia, a primeira impressão que se tem é que estão pichando um país inteiro. Com um dos alfabetos mais bizarros que já encontrei por aí, o georgiano é hipnotizante pelas suas curvas suaves, uma caligrafia cheia de montanhas arredondadas, vales, rios que correm entrecortados por pontes e corações de galinha (). E maçãs do amor (). Achou fofo?

É?

Coloca seu celular, seu Gmail e Facebook em georgiano e sente na pele. Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

O alfabeto georgiano chama-se mkhedruli (traduzido literalmente como “militar”), tem 33 letras de uso comum; seis já estão obsoletas. As letras correspondem aos sons, então para ler é fácil. Quer dizer, não tentei, nem vou tentar. É o que dizem e isso aqui basta, porque o blog não tem compromisso com a verdade, como os jornais brasileiros (né?). Enfim, para entender a língua é outra história. O idioma é tão diferente do resto que já pensaram num possível parentesco com a língua basca, que também é uma dessas que tem ligação com nada e porra nenhum. É uma ilha Galápagos para os linguistas.

Entre aspectos dignos de menção da fonética georgiana, está a existência de formidáveis conjunções consonânticas, como pode ser visto em palavras como (…) მწვრთნელი (mtsvrtneli, “treinador”). – Wikipedia

A-POS-TO que você fez cara de inteligente lendo isso e só não puxou o charuto porque é proibido na firma.

Membros da Igreja Ortodoxa da Geórgia no Monastério de Sümela

Membros da Igreja Ortodoxa da Geórgia no Monastério de Sümela (foto: Gustavo Borges, Sümela, Turquia, 2014)

Pra terminar, Geórgia em georgiano não se chama Geórgia! Chama-se საქართველო, pronunciado (repeat after me) como Sakartvelo, o que significa “terra dos kartvelebis”. E esse nome por sua vez vem de um lendário chefe pagão, Kartlos, de quem se diz ser o “pai” dos georgianos e que faz parte da extensa mitologia georgiana (link em inglês, sorry).

Tá, e por que inventaram esse nome Geórgia? Era como os persas os chamavam. A palavra lobo em persa (gorg), animal cultuado na região, resultou em Gorjestan, “a terra dos lobos”.

Sua vida nunca mais será a mesma depois dessa informação.

Georgiano escrito em lata de café brasileiro.

Comece a praticar hoje mesmo. (foto: Gustavo Borges, Batumi, Geórgia, 2014)

 

Um comentário sobre “Do alfabeto na Geórgia, corações de galinha e maçãs do amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s