A loucura em forma de bunker

Durante os 40 anos de comunismo liderado por Enver Hoxha, a Albânia se especializou em ter medo de absolutamente tudo. Primeiro, a temida figura do Marechal Tito, chefão da Iugoslávia. Fazia algum sentido, visto que a Albânia figurava sozinha no mapa, encurralada pela Iugoslávia e Grécia. O próprio Tito sugeriu diversas vezes que o país faria mais sentido se fosse anexado por eles (#vemgente). O segundo motivo de preocupação, era a invasão de grupos fascistas no norte da Grécia. Vale lembrar também que a Itália de Mussolini ocupou o país também, fazendo-o um protetorado entre 1939 e 1943.

É, a Albânia tinha inimigos.

Por outro lado, a paranoia de Hoxha podia surpreender grandes medrosos como Regina Duarte. Como um perfeito ditador, usou tudo o que podia contra desavenças internas: pena de morte, prisões perpétuas, deslocamento e isolamento de suas famílias para áreas remotas constroladas pela polícia secreta (Sigurimi). Seguia ele, então, mais ou menos a cartilha de Stalin.

Mapa Balcãs

Isso tudo combinado a um completo pa-vor de barata voadora – sentimento compartilhado por toda a humanidade e que até hoje nos une – e, claro, o ambiente tenso da Guerra Fria fez com que Enver Hoxha construísse nada mais nada menos que 700 mil bunkers pelo país. Se você der uma olhadinha no mapa, verá que a Albânia é um país pequeno. Isso, então, significava 24 bunkers para cada quilômetro quadrado. Aproximadamente um para cada quatro habitantes.

Até hoje, eles estão espalhados pelo país, já completamente abandonados após o fim do comunismo na região. Escondidos em fazendas, estradas ou mesmo no meio de grandes cidades, esses grandes ovos de concreto e chapas metálicas fazem parte da paisagem de um país muito mais tranquilo e que vem recebendo mais e mais atenção dos turistas pelas suas lindas praias, montanhas, preços baixos e cidades históricas – e também porque ninguém aguenta mais a Croácia abarrotada de gente.

Quer uma dica? Vai antes que vire o destino da moda.

Obs: devido a um acesso de preguiça enquanto estava no país, tirei poucas fotos. Essas, portanto, não são minhas.

Um comentário sobre “A loucura em forma de bunker

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s