O nome dos países

Se eu te disser que viajando já tive o prazer de pisar em países como Aotearoa, Hayastán, Shqipëria, Druk Yul, Hrvatska, Sakartvelo, Magyarország, Bhārat, você vai dizer que eu bebi e eu vou jurar que eu fui lá sim (e que bebi também, porque né). A verdade é que se o sujeito se chama Michael, em português a gente dá o nome de Miguel (tá, às vezes Maicon). William (ou Bill) no Brasil é Guilherme, Jean ou John é João e por aí vai. E é óbvio que a gente faz isso com nomes dos países e cidades ao redor do mundo. A maioria é bem reconhecível vai: Londres e London, quase a mesma coisa. Mas o que dizer de Hellas ser o verdadeiro nome da Grécia? E Montenegro ser Crna Gora? E de você não saber nem pronunciar essas porcarias?

Vamos às aulas, amigos!

Passo 1. Primeiro de tudo, vamos dar uma olhada em um mapa com os nomes nas línguas nativas.

Mapa com nomes dos países em suas línguas nativas.

Clique para ver e navegar no mapa.

Nesse mapa, apesar de interessante, temos um, ou melhor, dois probleminhas: os alfabetos estranhos e os países em que se fala mais de uma língua – e são muitos mesmo.

Passo 2. Então o próximo é ir à Wikipedia, certo? Certo, clica aqui.

Mas tem mais um probleminha: a sua paciência! Daí que eu vou facilitar mas você promete decorar essa bagaça. Vou citar apenas os países com as diferenças mais interessantes.

Carlton dançando

Sabia que você ia gostar. Vem gente!

Alemanha é Deutschland (dóitch-land). Essa talvez você já saiba, mas o curioso é que muitos países dão nomes diferentes à Alemanha e esses nomes derivam de tribos germânicas (Germany), dos alamanos (Alemaña, Alemagne etc.), saxônicas (Saksa), dos teutos (Deutschland, Tyskland), dos nêmetes (Nemecko, Niemcy).

Grécia lá é Hellas ou Hellada. Por isso, em português é comum usarmos referências como “helenismo”, “helênico” etc.

Falando do leste da Europa, Montenegro é Crna Gora (tsirna-góra), que significa exatamente “Monte negro” em montenegrino. A Hungria é chamada por lá de Magyarország (maguierotság), porque é a terra dos magiares, simples. A queridinha do momento Croácia, em croata, é Hrvatska – sim, temos aí dois blocos com três consoantes e eu sei, isso pode causar paralisia cerebral em alguns brasileiros mas aí vai a pronúncia, repeat after me: har-va-ts-ka (esse “r”, rolando na ponta da língua, que é o que esse povo do leste europeu adora fazer). A Geórgia tem um nome super estranho – Sakartvelo. Geórgia vem do nome dado pelos persas. Aquele apelido que você não gosta quando é pequeno mas fica pro resto da vida. A Albânia não tem nada a ver com Albânia em albanês: Shquipëria (a pronúncia é pior: schti-pee-ria). A Armênia? Hayastán (raiastan).

Egito vem da designação grega para “abaixo do mar Egeu”, mas por lá se chama Misr (por causa de Mizraem, filho de Ham… que a gente conhece por Noé) e todos os países árabes têm nomes diferentes – em árabe, acredita? Marrocos é Al Maghreb, que significa “O Oeste”. Palestina é Filastin – aliás, lembra dos filisteus da Bíblia? Jordão chama-se Al Urdun. Líbano, Lubnaan. Síria, Shaam.

E Japão? Nihon… soa bastante diferente não? Para Filipinas basta tirar o “f” e trocar por “p”. Eles chamam de Pilipinas – Rei Filipe II da Espanha se remoendo no túmulo em 3, 2, 1…Ah! Claro, a China, em mandarim é “Zhong-guo” (“zh” faz um som parecido com “j”), que significa “reino do meio”. E o Tibete pode ser chamado simplesmente de Bod, em tibetano. A Índia por lá é chamada Bharat ou Hindustan, dependendo da língua.

Noruega é Norge (norgue). Suécia is Sverige (sverigue). Finlândia é Suomi (por causa das tribos suomi). Estônia é Eesti. Escócia é chamada de Alba em gaélico escocês.

A Nova Zelândia se chama Aotearoa, na língua nativa, o maori. Significa “terra da longa nuvem branca”.

Por fim, o melhor e mais difícil. Tailândia, apresento-lhes Ratcha Anachak Thai… isso mesmo. Quer pior? Bangkok, a capital, também é nome estrangeiro e se refere apenas a um assentamento na região. Em tailandês, a cidade chama-se “Krungthep”. Na verdade, esse é o nome para os íntimos porque Bangkok tem o maior nome de cidade do mundo. Respira e vai: Krungthepmahanakhon Amonrattanakosin Mahintharayutthaya Mahadilokphop Noppharatratchathaniburirom Udomratchaniwetmahasathan Amonphimanawatansathit Sakkathattiyawitsanukamprasit.

No surprises, clipe do Radiohead

2 comentários sobre “O nome dos países

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s